Tecnologia do Blogger.

Um novo conceito educacional: Webquest

By | Seja o primeiro a comentar!
O que é 
A metodologia de trabalho denominada WebQuest foi proposta pelo professor Bernie Dodge, da San Diego State University (EUA), em 1995. A Webquest é uma atividade didática para os ensinos Fundamental, Médio e Superior onde são incluido nas aulas a Internet, em especial a busca de informação na rede
podendo desenvolver o pensamento reflexivo e crítico dos alunos, além de também estimular a sua criatividade.

Como funciona
O principal objetivo da Webquest é desenvolver a pesquisa dos alunos em sites da Internet com critérios e perguntas especificadas pelos professores. A busca pode ser realizada em grupos ou individualmente, conforme o tempo disponível, o tema curricular abordado e a idade dos alunos.  Contudo, é importante ressaltar que apresenta melhores resultados se realizada em grupos. Pelas Webquests, propõem-se aos alunos a resolução de um determinado problema e, ao finalizar a tarefa, eles expõem de algum modo suas conclusões. Os estudantes simulam um papel, por exemplo, ser jornalista para investigar a crise energética que afeta uma região.
Desse modo, as Webquests utilizam problemas ou situações do mundo real e tarefas autênticas para despertar o interesse dos alunos. Sua base teórica é construtivista, o que permite aos alunos transformar a informação e compreendê-la. Suas estratégias de aprendizagem colaborativa ajudam os estudantes a desenvolver habilidades e a contribuir com o produto final do grupo, que pode ser uma produção escrita, oral ou eletrônica, uma obra teatral, um jornal escolar e um material de divulgação, entre outros.

Estrutura
Podemos distinguir seis elementos em uma Webquest:

- Introdução: apresenta as informações básicas aos alunos, orientando-os sobre o que vão encontrar na atividade proposta. Além disso, tem como objetivo despertar o interesse deles para realizar o trabalho, isto é, motivá-los para começar.

- Tarefa: descreve o que os alunos deverão elaborar ao finalizar o trabalho. Os projetos podem ser uma página Web, uma apresentação em PowerPoint ou uma exposição oral do tema trabalhado (de acordo com o que o professor planejou).

Processo: especifica os passos que os alunos devem fazer para concretização da tarefa, incluindo orientações sobre como subdividir as tarefas, detalhes dos papéis que podem assumir cada um dos alunos e estratégias de trabalho.

- Fontes: disponibiliza aos alunos uma lista de sites Web a serem consultados para a realização do trabalho. Previamente, o professor tem que verificar se esses sites são confiáveis e estão atualizados de acordo com o tema em questão. Essa seleção de sites facilita a navegação pela rede e evita desvios do tema central. Podem ser incluídos outros recursos que não sejam da Internet.

Avaliação: nessa parte, são explicados os critérios que serão utilizados na avaliação do trabalho.  Conclusão: corresponde à finalização da atividade. Apresenta um resumo que leva à reflexão da atividade para reconhecer o que foi aprendido.

Exemplo: Caça ao tesouro com Bob Esponja
Esta Webquest foi desenvolvida por bolsistas do PIBID UNITAU Rafael Berbare (Subprojeto Matemática/Física) e Murilo Moraes (Subprojeto História) onde trabalharam os conceitos respectivos à suas áreas e por meio da interdisciplinaridade juntaram seus conhecimentos para o desenvolvimento de um único trabalho.
“A WQ começa com uma história envolvendo um tesouro que vem sem guardado a muitos anos, porém foi perdido. Bob e seus amigos descobrem o mapa que leva a este tesouro e descobrem que existem muitas moedas e de diferentes épocas. O ganancioso Sr. Sirigueijo vendo aquele monte de dinheiro resolve propor uma troca. Então você terá que ajudar Bob e seus amigos a desvendar qual o valor do tesouro encontrado? De que época são as moedas? 
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Obrigada por comentar!